TIME 2014

Skatistas: João Machado,Tony Kovalski,Rafael Sauer,William Verdi, Danilo Rosário e Bento Junior.

SKATE, MÚSICA E BOAS IDÉIAS.

Eu sei que neste mundo tenho muito a aprender, mas com o tempo eu aprendo, deixa eu viver... João Machado (Fejaum)

PROJETO DAS RUAS PARA AS ESCOLAS

Palestras, Oficinas e apresentações. Saiba como agendar em sua escola aqui: banx_brasil@hotmail.com

Banx Brasil Curitiba-Pr

Coleção De inverno Aguarde, Logo nas melhores Skateshops de Curitiba.

terça-feira, 3 de março de 2009

Abuso de poder policial contra Skatistas na Periferia de Curitiba.


No Dia 28 de fevereiro de 2009 um SABADO as 16:00 hrs da tarde Não foi mais um dia comum da pratica do ESPORTE skateboard na RUA VALDIVA PEREIRA DE LIMA Vila Nori no Bairro Pilarzinho Local onde ja se praticava o skate da mesma forma a mais de 6 anos com obstáculos simples de madeira feitos pelos próprios Skatistas que não são poucos, aproximadamente 15 pessoas, entre crianças, adolescentes e jovens.
O acontecido foi que o Policial Militar morador do local, Arbitrariamente coagiu os praticantes e chamou a viatura da Policia Militar para ir ao local fazer os Skatistas pararem de praticar o ESPORTE.

A Situação de Violencia em Curitiba deve estar bem controlada para que os policiais atendam este tipo de ocorrência ou será que o Abuso ja começou por ai com uma ocorrência Particular?
Infelizmente CONTROLE da Violência não é o que vemos nas estatísticas nos jornais da Capital.


Pois bem, Ao chegar no Local o SOLDADO Y abordou de forma pacifica o Skatista WILLIAM VERDI conhecido como "NUTRIX" ATLETA idealizador de diversos Projetos e Eventos sociais desde 2007 através do Skate e da Cultura de rua Junto ao Comunidade Escola nas regionais da Capital Paranaense.

O Maior problema foi quando o SOLDADO X saiu da viatura dando a ordem para tirar os obstáculos da rua, sendo questionado por Nutrix se existe alguma lei que proibisse à pratica do skate no local o soldado informou que ELE ERA A LEI e se os obstáculos não fossem retirados ele iria colocar FOGO e até pediu Alcool ao Policial civil que chamou a Viatura.
Nutrix Continuou Argumentando com o Soldado que 1º ameaçou leva-lo como dasacato (Sem nenhum Motivo apenas por ter mais argumentos que o soldado).
Nutrix informou que se o levassem iriam se encomodar, o soldado X disse que o atleta estava o ameaçando e resolveu leva-lo dizendo que o ATLETA era "boca-dura" e precisava de um corretivo.
O ATLETA mesmo sem ter NENHUMA passagem pela Policia foi colocado no camburão como um BANDIDO e foi levado do PILARZINHO até o 8º Distrito no bairro do PORTÃO.
No meio deste trajeto Percebendo que estava sendo levado para muito Longe Ligou para sua mãe informar seu tio que é MAJOR Aposentado da Policia Militar e atua no momento como DELEGADO.
Falando Com seu tio no telefone celular solicitou que os soldados informassem seus nomes e o local onde estavam o levando e não quiseram informar, só após pressão e aviso que a viatura estava sendo rastreada os Soldados se dirigiram ao 8º Distrito no Bairro Portão.

O que pretendiam fazer com o Atleta ao não informar qual distrito o estavam levando?

Ao chegar no 8º distrito os policiais militares acusaram o Atleta injustamente por desacato a autoridade por ter utilizado palavras de baixo calão.
O Atleta Terá que comparecer ao Tribunal dia 19 de Março as 15:30 para Audiência.
Os moradores do Local ficaram revoltados com a atitude da policia.
Obs: Os nomes dos Policiais não foram citados para não agravar a situação do Atleta com a "justiça".


Queremos Apenas Informar e dar um basta nos Abusos realizados por maus Policiais
Sabemos que Ainda existem os BONS Policiais que também devem Soltar sua Voz!

Quantas pessoas ja não sofreram Opressão e Abuso de Poder Policial?
Até quando a periferia vai sofrer esse tipo de opressão?

Precisamos de mais Respeito aos SKATISTAS, a PERIFERIA e Principalmente aos CIDADÃOS!



Se Voce ja foi alguma vez Oprimido ou injustiçado aguma vez pela Policia
deixe seu comentário!